Memorial Darcy Ribeiro (Beijódromo), UnB

Programação

8:45-9h: ABERTURA. Prof. Dr. Leandro Duarte Rust

9-10:45h - SESSÃO 1: Agentes públicos e bem comum

Geovane Cardoso Dias Sousa. Mestrando em História (PPGHIS-UnB).

Accountability: uma chave interpretativa para as práticas anticorrupção no reinado de D. Dinis (Portugal, séc. XIII-XIV).

Fernando Crosara Vieira Ázara. Graduando em História (HIS-UnB).

Corrupção e a trajetória política de Cosme de Médici (séc. XV): problemas iniciais de uma pesquisa.

Rudyard Rezende Vera. Mestrando em História (PPGH-USP).

O discurso do "bem comum" durante a Segunda Pandemia de Peste: um estudo de caso das ordenações públicas de Tournai (1349-1351).

Pablo Ytalo Felix Meneses. Graduando em História (HIS-UnB).

O problema da corrupção no reinado do Príncipe Perfeito (século XV).

Vinícius Silva Conceição. Doutorando em História (PPGHIS-UnB).

Desvios e Descaminhos. A corrupção nas Ordenações Afonsinas (século XV).

10:45-11h: PAUSA

11-12:30h - SESSÃO 2: Virtudes e transgressões aristocráticas

Camila Cardoso dos Santos. Mestranda em História (PPGHIS-UnB).

Virtude & Corrupção na Matéria de Bretanha: reflexo ou influência de um modelo político medieval?

Felipe Ferreira de Paula Pessoa. Doutorando em História (PPGHIS-UnB).

As cantigas satíricas e os discursos sobre corrupção nos cancioneiros galego-portugueses.

Wesley Bruno Andretta. Mestrando em História (UFFS).

As transgressões cavaleirescas na construção dos modelos de conduta nas obras de Chrétien de Troyes e no “Elogio” de São Bernardo de Claraval.

Cecília Moita Matos. Graduanda em História (HIS-UnB).

Implicações políticas da potência corruptora do diabo em narrativas de milagres (séc. XII-XIV)

12:30-14h: ALMOÇO

14:00 - 15:30h: SESSÃO 3: Poder régio e moralidade

Breno Mendes Teixeira. Graduando em História (HIS-UnB).

A corrosão da Virtude em Fernão Lopes: o caso da Justiça de D. Pedro.

Clarice Machado Aguiar. Doutoranda em História (PPGHIS-UnB).

O Rei e o Diabo – apontamentos iniciais sobre a dicotomia entre corrupção e virtude no reinado de Alfonso X.

Geovanna de Oliveira Freitas. Graduanda em História (HIS-UnB).

A construção de uma imagem de corrupção por Gregório de Tours: entre a moral e a política (séc. VI).

João Siqueira Ornelas Júnior. Graduando em História (HIS-UnB).

Poder público, medidas anticorrupção e conflito nas Ordenações Afonsinas (Portugal, séc. XV).

15:30-15:45: 2ª PAUSA

15:45 -17:30h: SESSÃO 4: Clero, justiça e bens eclesiásticos

Alécio Nunes Fernandes. Pesquisador (Medioevum-UnB).

A corrupção na Mesa do Santo Ofício português: algumas considerações.

Diego Neivor Perondi Meotti. Mestrando em História (UFFS).

A denúncia da corrupção religiosa no jogo “Kingdom Come: Deliverance" (2018): representações e suas razões.

Marcelo Tadeu dos Santos. Doutorando em História (PPGHIS/UnB).

Centralização versus corrupção? Relações entre o clero e o poder civil em Santiago de Compostela no final do século XI.

Isabela Alves Silva. Doutoranda em História (PPGH – LEME – USP).

Os abusos dos bens eclesiásticos nos cânones conciliares gálicos e hispânicos dos séculos VI-VII.

Fabrizio Luciano de França. Graduando em História (UnB).

Uma política de anticorrupção? O poder Imperial e o conflito de normas acerca da corrupção clerical (1073-1084).

17:30-18h: ENCERRAMENTO. Prof. Dra. Maria Filomena Coelho